domingo, 4 de junho de 2006

INFORMAÇÃO

Ao mesmo tempo que é uma das grandes bençãos do nosso mundo moderno, trazendo desenvolvimento e progresso é também uma grande maldição.

Para quê tanta informação?
Tanto trabalho para armazená-las, organizá-las e transmiti-las!
Tudo numa velocidade e eficiência incríveis.

Para quê? Tão pouco realmente importa saber!
Poucas informações são realmente aplicáveis, relevantes ou importantes o suficiente para saturarem nosso HD mental.

Na verdade, o excesso de informação nos torna insensíveis, nos vacina contra o assombro, nos anestesia e nos torna menos humanos e mais máquinas!

Enfim... cada dia temos escolhas de como encher nosso HD... com milhares de info desnecessárias ou com as poucas úteis e construtivas...
Acho que na maioria erramos em nossas escolhas! Vc discorda?

Um comentário:

Marcel disse...

Bom, acredito que a questão não seja a quantidade de informação que retemos quase que por osmose em nossa rotina de vida, mas sim como a filtramos e a utilizamos a favor do Reino. Pois, é muito relativo se pensarmos esse assunto por épocas. Vale lembrar que o Cristianismo enquanto "informação/novidade" desempenhou papel semelhante às novas informações em relação ao Império Romano.