quarta-feira, 14 de setembro de 2005

Isaías 66.18-24

“... vem o dia em que ajuntarei todas as nações e línguas; e elas virão, e verão a minha glória. Porei entre elas um sinal, e os que dali escaparem, eu os enviarei às nações, a Társis, Pul, e Lude, povos que atiram com o arco, a Tubal e Javã, até as ilhas de mais longe, que não ouviram a minba fama, nem viram a minha glória; e eles anunciarão entre as nações a minha glória.
E trarão todos os vossos irmãos, dentre todas as nações, como oblação ao Senhor; sobre cavalos, e em carros, e em liteiras, e sobre mulas, e sobre dromedários, os trarão ao meu santo monte, a Jerusalém, diz o Senhor, como os filhos de Israel trazem as suas ofertas em vasos limpos à casa do Senhor.
E também deles tomarei alguns para sacerdotes e para levitas, diz o Senhor.
Pois, como os novos céus e a nova terra, que hei de fazer, durarão diante de mim, diz o Senhor, assim durará a vossa posteridade e o vosso nome.
E acontecerá que desde uma lua nova até a outra, e desde um sábado até o outro, virá toda a carne a adorar perante mim, diz o Senhor.E sairão, e verão os cadáveres dos homens que transgrediram contra mim; porque o seu verme nunca morrerá, nem o seu fogo se apagará; e eles serão um horror para toda a carne.”


Missões existem para a glória de Deus
Missões existem para que Ele seja adorado
por todos os povos, de todas as nações, em todas as línguas!

Eu existo para a glória de Deus
Eu existo para que Ele seja adorado
por isso eternamente vou lançar minha coroa aos pés dele!

Que seja uma coroa grande, bonita, preciosa
Adornada por uma vida quebrantada e um espírito manso
Senhor cria em mim, pedras preciosas de grande valor
para que o seu Nome seja exaltado
para que eu tenha o que jogar aos teus pés eternamente
para que no último dia o Senhor seja entronizado!

Um comentário:

Renato - RJ disse...

Susana, tenho orado uma oração que me parece um pouco perigosa. Tenho pedido ao Senhor amor pelos perdidos. Entendi que essa é a vontade do PAI. Tenho orado para que eu não olhe os jovens que passam por mim nas ruas apenas como pessoas comuns. Sei que ELE sabe como me responder.